terça-feira, junho 04, 2013

Aos anjos.

Um brinde às pessoas que saem de nossas vidas e deixam um espaço vago, buraco impossível de ser preenchido, falta que jamais será sanada.
Um brinde aos amigos eternos que se fazem presente longe ou perto. Aos amores não acabados que sempre hão de ser amores reais nos universos paralelos que se criam a cada encontro.
Um brinde aos anjos benéficos que ainda passageiros e apressados, fazem notar sua falta (e falta!). Aos confortadores de almas carentes, aos sinceros de espírito e aos loucos.
Um brinde maior ainda aos que são tudo isso e desse modo fazem gravar no peito seus nomes em letras garrafais, só para contar histórias que não se repetirão jamais.
À esses, sempre vos amarei.
(Aos meus anjos, àqueles que se foram do convívio e se fazem presentes na alma. Eu SEMPRE vos amarei)

Nenhum comentário:

Postar um comentário