quinta-feira, fevereiro 02, 2012

Achei.

Lendo antigos textos meus (e textos) começo a me perguntar onde eu me perdi. Mudei a forma de escrever e o que lia - sendo sincera, parei de ler -, e nem sei bem o por quê. Se sempre gostei de livros e de afundar-me neles, afinal o que me dava tanta preguiça de me entregar a eles? Achei a resposta.

Não era preguiça.
Não me perdi porque deixei de gostar ou algo parecido, me perdi porque me encontrei em outro mundo, onde não tinha tempo para isso.

Sempre tive a feliz (ou infeliz) capacidade de mudar com facilidade imensurável, adaptar-me é algo quase natural e imperceptível na grande maioria das vezes.

Voltei aos livros, ao meus textos, as minhas vontades e ao meu tempo para mim. Amigos, perdoem-me se sumir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário